76% das escolas estaduais já retomaram as aulas no Rio Grande do Sul

Published on

FRANCISCO LIMA NETO
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Após a suspensão das aulas em todas as escolas da rede estadual de ensino gaúcha desde o dia 1º de maio em razão das enchentes que devastaram o Rio Grande do Sul, as aulas foram retomadas parcialmente. De acordo com o governo do estado, 76% (1.779) das 2.340 escolas do estado gaúcho já voltaram a receber os estudantes.

Dos 741.831 alunos da rede pública do estado, 519.462 (70%) já retornaram às salas de aula. As informações são do boletim do governo do estado disponibilizado na manhã desta segunda-feira (20).

Ainda há 561 escolas fechadas, sendo que 483 delas não têm previsão de quando devem retomar as atividades. Outros 222.332 estudantes seguem sem aulas -para 189.328, não há previsão de volta às aulas.
O impacto das enchentes no estado ainda deixa sem energia 179.226 endereços. A CEEE Equatorial afirmou que 78.826 pontos estão sem energia na sua área de concessão (4,3% dos clientes). Já a RGE divulgou que 100.400 pontos seguem sem eletricidade na sua área de atendimento (3,3%).

Já a Corsan afirmou que 23.371 clientes seguem sem abastecimento de água. O montante corresponde a 1% dos atendidos pela companhia.

As chuvas que atingiram o estado também provocam danos e alterações no tráfego nas rodovias estaduais gaúchas. Atualmente, são 81 trechos com bloqueios totais e parciais em 47 rodovias, entre estradas, pontes e balsas. As informações são do Daer (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem), abrangendo também rodovias concedidas e as administradas pela EGR (Empresa Gaúcha de Rodovias).

SITUAÇÃO NO RS APÓS AS CHUVAS
– 157 mortes;
– 88 desaparecidos;
– 806 feridos;
– 76.188 desabrigados (quem teve a casa destruída e precisa de abrigo do poder público);
– 581.633 desalojados (quem teve que deixar sua casa, temporária ou definitivamente, e não precisa necessariamente de um abrigo público -pode ter ido para casa de parentes, por exemplo);
– 2.339.508 pessoas afetadas no estado.

O nível do lago Guaíba, em Porto Alegre, chegou a 4,31 metros no início da manhã desta segunda-feira (20) no cais Mauá. No domingo de manhã o nível estava em 4,43 metros.

Comerciantes começaram a abrir as portas na região central da cidade após o recuo das águas. Proprietários e voluntários fazem a limpeza pesada dos estabelecimentos e contabilizam o prejuízo.

Nesta segunda, as atividades serão retomadas em 22 escolas municipais da capital do Rio Grande do Sul. Outras 16 unidades voltam a funcionar na terça (21). São escolas que não foram atingidas diretamente pelas cheias e mantêm o abastecimento de água e energia elétrica.
No momento de retomada, as escolas são orientadas a realizar atividades lúdicas e recreativas.

A inundação histórica provocada pelas recentes chuvas no Rio Grande do Sul alagou ao menos 303 mil edificações residenciais e 801 estabelecimentos de saúde em 123 cidades, indicam dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e da UFRGS.

More like this

Motorista atira em carro durante briga de trânsito; vídeo

Um motorista armado ameaçou e atirou contra os ocupantes de outro carro durante uma...

Felipe Melo é expulso após agredir funcionário do Atlético-GO em derrota do Fluminense

O Fluminense perdeu por 2 a 1, de virada, para o Atlético-GO, na noite...

Rio registra aumento de quase 200% nos casos de maus-tratos contra crianças 

O crescente número de casos de violência contra crianças e adolescentes no Estado do Rio, preocupa as autoridades. Apenas na Capital Fluminense, o índice aumentou 173%, em três anos.  Segundo o Instituto de Segurança Pública, em 2023, 47% da violência sofrida pelas crianças foi praticada por familiares como pai e mãe. Já no Estado do Rio, o The post Rio registra aumento de quase 200% nos casos de maus-tratos contra crianças  appeared first on Super Rádio Tupi.