Macaé terá 4 dias de encenação da Paixão de Cristo; espetáculo contará com tradução em Libras

Published on

Espetáculo será apresentado desta quinta-feira (28) até domingo (31) na Praia de Imbetiba. Programação começa ainda antes da encenação. Atores intensificaram ensaios para trazer realismo aos eventos que levaram à crucificação de Cristo. Encenação da Paixão de Cristo, em Macaé, contará com 70 artistas entre os 300 profissionais envolvidos em toda a produção do evento
Rui Porto Filho/Prefeitura de Macaé
Macaé, no Norte Fluminense, terá quatro dias de encenação da Paixão de Cristo. A apresentação, que vai contar com tradução em Libras (Língua Brasileira de Sinais), será de quinta-feira (28) até domingo (31) na Praia de Imbetiba.
Antes de cada apresentação, haverá outras atividades especiais programadas pela Prefeitura.
Programação
De quinta até sábado, às 18h30, o evento começa com a apresentação do coral Incanto. Já no domingo de Páscoa, às 17h terá uma missa campal conduzida pelo Bispo Dom Luiz Antônio, da Diocese de Nova Friburgo, seguida por outra apresentação do coral, às 18h30.
O elenco conta com 70 artistas, que se dedicam aos ensaios para levar ao público o realismo e emoção à encenação, com interpretações que reproduzem os eventos que levaram à crucificação de Cristo.
O local da encenação será ocupado por um cenário de 20 metros de largura em dois níveis de altura. Aproximadamente 300 profissionais, entre atores e integrantes das equipes de estrutura e técnica, trabalham no espetáculo.
A montagem tem como produtor e empresário responsável Oscar José. A direção é de Ginaldo de Souza.
Ensaio da encenação da Paixão de Cristo em Macaé
Rui Porto Filho/Prefeitura de Macaé
Os artistas selecionados para o espetáculo incluem atores formados pela Escola Municipal de Artes Maria José Guedes (Emart) e alunos da instituição. “Estamos melhorando a cada ensaio. Teremos também ótimos equipamentos técnicos”, disse Oscar.
Entre os integrantes há 30 pessoas com deficiência (PcD) da Escola Sentrinho de Macaé. Uma delas é Camilla Couto Romão, de 42 anos.
“Acompanhei um ensaio. Ela está muito empolgada. Ações como essa são muito importantes, não só pela inclusão social, mas também pela autoestima. Ela está vibrando desde quando foi convidada. Não só ela, mas todos estão muito eufóricos com a chance de contribuírem”, revelou o irmão, Raphael Couto.
O ator Alan Rocha dará vida a Jesus Cristo. Ele está estudando bastante para interpretar o personagem, capaz de provocar profundas reflexões da plateia.
“Serão revisitados momentos emblemáticos como a entrada de Jesus em Jerusalém, o Sermão da Montanha, a Santa Ceia, a prisão, a crucificação e, por fim, a ressurreição. O que mais me interessa neste enredo é o seu aspecto político, a condenação sem provas a que é submetido este personagem; e também o sofrimento de Maria, um paralelo com o grande sofrimento das mães de hoje, que perderam e perdem seus filhos”, disse o diretor da peça.
Benjamim Santos, autor desta e de outras versões do texto, está afinado com a leitura do diretor.
“Sem me afastar das situações mais conhecidas e populares (como ‘Pilatos lava as mãos’) nem enveredar pela pura ficção espetacular, procurei o prumo das descrições dos Evangelhos e dos mais recentes estudos de historiadores, aqueles que buscam reconstruir um Jesus histórico”, afirmou.
Tradução em Libras
A tradução em libras (Língua Brasileira de Sinais) ficará a cargo de Priscila Meireles da Silva Almeida, intérprete da Escola Estadual Matias Netto.
“Estamos felizes em poder proporcionar mais uma vez esse espetáculo grandioso, que retrata de forma emocionante a história da Paixão de Cristo. É um momento de reflexão, de fé e de celebração. Tenho certeza de que todos que assistirem serão tocados pela mensagem de amor que essa peça nos traz”, ressaltou o Secretário de Cultura, Leandro Mussi.
Ficha técnica:
Texto: Benjamim Santos
Direção: Ginaldo de Souza
Elenco:
Adriano Uzah – Lucas
Alan Rocha – Jesus Cristo
Amanda Vayssière – Mulher de Jerusalém
André Duarte – Demônio e Cego
Attilio Giovanni – Discípulo Thiago
Cássia Gomes – Mulher de Jerusalém
Cláudia Bispo – Maria
David Pinheiro – Caifás
Douglas Mareli – Sacerdote
Gabriel Sednem – Sacerdote
Guto Gomes – Centurião
Hélio Júnior – Tocador de Violão
Jackie Oliver – Mulher de Jerusalém
Jaque Souza – Mulher de Jerusalém
Jô Souza – Mulher de Jerusalém
João Valentino – Anjo
Jones Rodrigues – Soldado
Julya Ávila – Figura 2
Julie Silveira – Cláudia Prócula
Lorenzo Manhães – Menino Jesus
Luanna Correa – Salomé
Luca Porto – Nicodemos
Lucas Antônio – Marcos
Lúcia Duarte – Herodíades
Luis Eduardo – Mateus
Marcela Jorge – Raquel
Marcelo Evangelista – Pilatos
Marcelo Vianna – Simão
Mateus Ferreira – Guarda
Milena Crispino – Madalena
Nilton Angelo – Soldado
Rafael Kassius – Pedro
Raphael Almeira – João Batista
Richeli Santana – Judas
Rodolfo Valentino – André
Rosinete – Mulher doente
Sávio Lyrio Soarres – João
Thais Manhães – Mulher de Jerusalém
Thiago Nacis – Tadeu
Victor Celestino – Guarda
Welington Cabral – Herodes
Wesley Guimarães – Arimatéia
Assistente de Direção: Claudia Bispo
Concepção Cênica e Figurinos: Maria Carmem
Assistente de Figurinos: Maria Rita
Pesquisa de Imagens: Pedro Modesto
Caracterização: Ketlyn Barbosa – Tamilles Rodrigues
Catering: Lealdecira Soares Pinto
Iluminação: Oscar José
Intérprete de Libra: Priscila Meireles da Silva Almeida
Programação de Luz: Renan Leal
Direção de Produção: Oscar José
Assistentes de Produção: Mara Luci de Souza e Nataniele Moura Pascoal
Operadores de Som: Antônio Soares e Hugo Tolipan
Operadores de canhão: Lucas Fumaça e Marlon Coutinho
Operador de vídeo: Hugo Tolipan Filho
Produção e Execução: Horse Produções Artísticas Ltda

More like this

UFC: Dana White anuncia aumento de bônus no UFC 300 para mais de R$ 1,5 milhão

O presidente do UFC, Dana White, anunciou aumento no valor do bônus do UFC...

Uso de canabidiol para tratar dependência de crack é melhor do que remédios convencionais, diz estudo

(FOLHAPRESS) - Um estudo pioneiro no Brasil demonstrou que o tratamento de usuários de...

Ricardo Nunes recua sobre instalação de 1,5 mil radares em São Paulo

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), vetou o aumento de radares eletrônicos...