Vacinação de rotina, gripe e Covid-19 em Campos tem mudança de horário durante o Carnaval

Published on

A Secretaria de Saúde de Campos mantém o serviço de vacinação durante todo período de Carnaval, tanto para imunização de rotina quanto para aplicação de doses contra a Influenza e contra a Covid-19.
Até quarta-feira (14), na sede da Secretaria Municipal de Saúde e Clínica da Criança, o atendimento será das 8h às 14h.
Já na Unidade Pré-Hospitalar (UPH) Travessão será das 8h às 17h.
A partir da quinta-feira (15), o horário volta ao normal em todos os locais, assim como nas Unidade Básicas de Saúde (UBS) e Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF), que atendem durante a semana.
Pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), estão disponíveis para as pessoas com idade a partir dos 2 meses de vida os seguintes imunizantes: Vacina Inativada contra Poliomielite (VIP), Vacina Oral contra Poliomielite (VOP), Tríplice Viral, Hepatite B, Pentavalente, Rotavírus, Pneumo 10, Meningo C, Febre Amarela e DTP. Para os adolescentes, os imunizantes são HPV quadrivalente, Hepatite B, Febre Amarela, Tríplice Viral, Difteria e Tétano Adulto e Meningocócica ACWY. Já para os adultos, DT, Hepatite B, Febre Amarela e Tríplice Viral.
Também pode ser feita a vacina Influenza, que previne contra a gripe, para todas as pessoas acima dos 6 meses de vida.
A vacina contra a Covid-19 será aplicada para as crianças de 6 meses a 4 anos, 11 meses e 29 dias. A primeira dose deve ser feita aos seis meses, a segunda dose aos sete meses e a terceira dose aos nove meses. Já para os idosos com 60 anos ou mais, pessoas imunocomprometidas acima de 12 anos, gestantes e puérperas, o intervalo entre as doses será de seis meses.
Para os demais públicos prioritários: pessoas que vivem ou trabalham em instituições de longa permanência, indígenas, ribeirinhos, quilombolas, trabalhadores da saúde, pessoas com deficiência permanente ou comorbidades, pessoas privadas de liberdade com 18 anos ou mais, funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas e população em situação de rua, a vacina Covid-19 deve ser feita com intervalo de um ano.
Para receber a vacina é necessário apresentar documento com foto, CPF ou Cartão do SUS e a caderneta de vacinação, no caso das crianças e adolescentes. Idosos, gestantes e puérperas devem levar o Cartão de Vacina Covid-19 juntamente com documentos pessoais.
Para os imunocomprometidos é obrigatório o laudo médico.
Já profissionais de saúde devem levar comprovante de vínculo empregatício ou comprovante do conselho responsável pela categoria.

LEIA TAMBÉM

Governo vai publicar portaria de concurso para Agência Nacional de Mineração com 220 vagas

O Ministério de Minas e Energia (MME) e o Ministério de Gestão e da...

Taylor Swift bate recorde de Whitney Houston na parada da Billboard

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O disco "The Tortured Poets Department", de Taylor Swift,...

Tiago Splitter acerta com time de Paris e estreia como técnico após a Olimpíada

O Paris Basketball anunciou nesta segunda-feira a contratação do brasileiro Tiago Splitter como treinador...