Presidente da La Liga defende perda de pontos em casos de racismo

Published on

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (25), o presidente da La Liga Javier Tebas defendeu que seja incluído na legislação do país a perda de pontos por atos de discriminação. A lei 19/2007 fala sobre a violência, o racismo, a xenofobia e intolerância no esporte. No entanto, o dispositivo não dá poderes as entidades esportivas para punirem os atos discriminatórios.

Segundo Tebas, a La Liga quer propor uma alteração no texto da lei e, posteriormente, incluir no Regulamento de Competições a perda de pontos para os clubes participantes do Campeonato Espanhol envolvidos nessas situações.

“A sanção de tirar pontos não existe na legislação espanhola. Seria bom pensar na perda de pontos (para o racismo)? Creio que sim. Isso seria bom poder introduzir. Com o regime atual de sanções, queremos mais competências para nós. Temos que pensar no futuro. Contra o racismo é fundamental lutar todo dia”, declarou Tebas.

O presidente da La Liga respondeu ao questionamento feito pelo jornal “Estadão” sobre as ações da entidade junto ao Governo Espanhol. O presidente afirmou que enviou um pedido aos partidos políticos e aos membros do Congresso que façam uma “modificação urgente” na Lei 19/2007 para que a liga tenha competência para sancionar os clubes. De acordo com a legislação atual, apenas a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) tem poderes para punir os atos discriminatórios, como fez com o Valencia.

The post Presidente da La Liga defende perda de pontos em casos de racismo appeared first on Super Rádio Tupi.

LEIA TAMBÉM

Desfalcado e com volta de Ríos, Palmeiras tenta no Maracanã frear reação do Fluminense

O Palmeiras sobe ao gramado do Maracanã, no Rio, nesta quarta-feira, às 21h30 (horário...

Companhia aérea encontra mala de Bia Haddad em Guarulhos após apelo nas redes sociais

A companhia aérea Swiss Airlines encontrou a mala que pertence à tenista Beatriz Haddad...

Gilberto Gil pode fazer shows esporádicos após aposentadoria, diz esposa

Apesar de anunciar sua aposentadoria em 2025, Gilberto Gil, 82, pode se apresentar esporadicamente....