Especialista Davi Ribas analisa demissões em massa das ‘Big Techs’ e fala como poderiam ser evitadas

Published on

O ano novo não está começando bem para os funcionários das ‘Big Techs’. Assim como no ano passado, quando algumas empresas anunciaram demissões de funcionários, entre elas o Facebook e o Twitter, a Amazon inicia 2023 divulgando novos cortes, conforme disse o CEO da empresa, Andy Jassy por meio de um comunicado interno.

Para Davi Ribas, especialista em criar, no que ele chama de ‘movimentos’ para grandes marcas e influenciadores, a ausência de uma estratégia forte e identificada é uma das principais causas das baixas no número de funcionários que será realizada pela empresa. Segundo ele, a aplicação deste processo permitiria a conservação destas vagas.

“Companhias como essas – que estão entre as maiores do mundo, devem se posicionar como tais. Cada vez mais os consumidores buscam comprar causas grandes, e pertencer a tribos (grupos) que consomem as mesmas categorias de produtos. As pessoas não querem mais apenas consumidores, mas, sim, ter um certo nível de pertencimento a essas instituições. Se empresas estão fazendo demissões desta maneira, significa que os seus processos de marketing não estão de acordo com esse atual comportamento do consumidor. Se ela tivesse desenvolvido um processo, do que chamo de ‘comunidade identificada” estas demissões seriam evitadas”, explicou.

Ele fala que esta é uma tendência no mercado e que as empresas que não introduzirem este processo serão impactadas negativamente. “Para uma companhia se manter em alta é importante a criação de ‘movimentos’ – estratégia que faz com que o cliente seja um consumidor fiel e divulgador da marca e não apenas um simples comprador – pois, senão houver isso, eles passam a procurar por outras marcas que já seguem este modelo”, disse.

Ainda sobre o que ele chama de ‘movimento’, Davi diz que este processo de comunicação é, atualmente, o principal responsável pela fidelização dos clientes. “Eles passam a querer acompanhar a marca de outras formas também como, por exemplo, ir a eventos organizados pela empresa ou onde ela seja representada, estudar a história da marca, adquirir uma linha de produtos que antes não eram procurados. Com isso, ocorre a ampliação do campo de estratégias a serem usados e com isso maiores lucros”, completou Davi.

The post Especialista Davi Ribas analisa demissões em massa das ‘Big Techs’ e fala como poderiam ser evitadas appeared first on Super Rádio Tupi.

More like this

Motorista tenta atropelar ladrão com Lamborghini após ser roubado e bate o carro em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um motorista destruiu a frente de sua Lamborghini ao...

76% das escolas estaduais já retomaram as aulas no Rio Grande do Sul

FRANCISCO LIMA NETOSÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após a suspensão das aulas em todas...

RS: eleitor tem até quinta-feira para regularizar ou transferir título

Os eleitores do Rio Grande do Sul têm até a próxima quinta-feira (23) para...