Onze fuzis são apreendidos em casa usada por criminosos no Rio

Published on

 


11 fuzis foram apreendidos durante ação na Comunidade do Campinho


|  Foto:
PMERJ

 

Uma operação da Polícia Militar na Comunidade do Campinho, na Zona Norte do Rio, terminou com mortos e presos, além de armas apreendidas, na manhã desta sexta-feira (13).

Durante as ações, as equipes do 9º BPM (Rocha Miranda) cercaram uma casa utilizada por criminosos como esconderijo. No local, nove homens foram presos e 11 fuzis foram apreendidos.

Dentre os capturados, o criminoso conhecido como “H.O.”, apontado como o chefe do crime organizado na Comunidade do 18, em Água Santa, e o criminoso conhecido como “Netão”, apontado como o chefe do crime organizado no Morro do Urubu, em Pilares.

Outros dois suspeitos foram feridos em confronto com os policiais e não resistiram. Um deles, conhecido como “Baby”, era apontado como o chefe do crime organizado no Morro do Fubá, em Campinho.

O bando é um dos principais responsáveis pela guerra entre grupos criminosos rivais naquela região, conforme a PM.

As ocorrências foram apresentadas na 29ª DP e na Delegacia de Homicídios da Capital (DH).

More like this

Abel Ferreira é ‘provocado’ por marca de carros elétricos após dizer que não gosta dos modelos

Abel Ferreira criou polêmica ao dizer que não gosta de carros elétricos. A fala...

Uefa abre investigação contra o Barcelona após prisão de dois torcedores em jogo com o PSG

A Uefa abriu um processo disciplinar contra o Barcelona após o episódio em que...

Ricardo Nunes recua sobre instalação de 1,5 mil radares em São Paulo

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), vetou o aumento de radares eletrônicos...