Motorista é indiciado por atropelar e matar bombeiro no Rio

Published on

 


Atropelamento ocorreu depois do réveillon, na Avenida Nossa Senhora de Copacabana


|  Foto:
Reprodução

 

O motorista Valdir das Mercês Junior foi indiciado pela Polícia Civil por homicídio duplamente qualificado pelo atropelamento e morte do subtenente do Corpo de Bombeiros Gilson Castro Silva, de 58 anos. O caso aconteceu no dia 1° de janeiro, em Copacabana, na Zona Sul do Rio. 

Em um primeiro momento, o caso havia sido registrado como homicídio culposo. Contudo, um vídeo mostra o momento em que a vítima é arrastada pelo coletivo por alguns metros. O motorista não para o ônibus mesmo com o apelo de algumas pessoas no local. O atropelamento ocorreu depois do réveillon, na Avenida Nossa Senhora de Copacabana.

Leia+: Vídeo mostra momento em que motorista atropela bombeiro no Rio

O inquérito concluiu que ‘houve clara intenção do motorista em atropelar a vítima’. Após a análise do vídeo, e o depoimento de testemunhas que presenciaram o caso, o acusado foi indiciado pela prática de homicídio doloso duplamente qualificado, por motivo fútil e por recurso que tornou impossível a defesa da vítima. 

Valdir estava em prisão temporária, que tinha prazo de 30 dias, agora, a prisão será convertida em preventiva. 

More like this

Transmitida por mosquito, febre oropouche tem alta no Brasil

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil registra uma alta de casos de febre...

Haddad confirma meta fiscal de déficit zero para 2025 e salário mínimo de R$ 1.502

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, confirmou no período da tarde desta segunda-feira, 15,...

Ex-Palmeiras, Emerson Santos é oficializado na Ponte Preta: ‘Me sentindo em casa’

A Ponte Preta oficializou nesta segunda-feira a contratação do volante Emerson Santos, de 29...