Kyrgios revela problemas com álcool: ‘Minha vida estava fora de controle’

Published on

Conhecido pelas polêmicas dentro e fora de quadra, Nick Kyrgios enfrentou problemas com álcool nos primeiros anos de sucesso no circuito mundial, revelou o tenista australiano em documentário a ser lançado nesta semana. O atleta de 27 anos disse que bebia todas as noites e que sua vida “estava fora de controle”.

“Os primeiros quatro ou cinco anos de minha carreira foram caóticos. Quando eu só tinha o Horse (seu agente) no circuito comigo, cuidando de mim, éramos basicamente só eu e ele. Ele podia ver a minha saúde mental em declínio a cada semana. Minha vida estava fora de controle. Eu bebia toda noite”, afirmou o australiano.

A declaração foi feita na série documental chamada “Break Point”, que acompanhou os tenistas e o circuito durante a temporada passada, com acesso aos atletas e aos bastidores das competições. A série, produzida pela Netflix, seguirá os mesmos padrões da bem-sucedida “Drive To Survive”, sobre a Fórmula 1.

O primeiro episódio, a ser lançado na sexta-feira, tem Kyrgios como protagonista. E traz depoimentos do seu agente, Daniel Horsfall, e até da sua mãe. “Eu tinha a localização dele no meu telefone. E, em algumas manhãs, precisava procurá-lo fisicamente para descobrir em que hotel ele havia passado a noite ou em qual casa, mesmo antes do início de um torneio ou de uma partida. Foi duro”, disse o agente.

Kyrgios revelou que o momento difícil na carreira o fez rever sua relação com o tênis, em busca de uma vida mais “normal”.

“Eu estava tipo ‘ok, eu não posso seguir assim’. Eu preciso ser legal comigo mesmo. Em nome da minha saúde mental, eu decidi que não poderia me tornar aqueles tenistas que viajam o mundo inteiro ao longo do ano todo. Não poderia fazer isso. Eu valorizo demais minha família, meus amigos mais próximos e Cosi (sua namorada) para colocar o tênis na frente de tudo isso. Não acho que é saudável”, declarou.

O australiano disse que agora tenta jogar sem pressão, em busca de diversão em quadra. “Eu realmente tento não ter mais expectativas diante das minhas partidas. Eu apenas quero ir lá e me divertir, tirar a pressão e assim eu posso ter uma vida mais normal. É muito melhor assim”, afirmou.

More like this

Norris crava a pole para a corrida sprint do GP da China de Fórmula 1

O piloto britânico Lando Norris, da McLaren, faturou a pole position para a corrida...

Território da China está afundando e corre risco com mudanças climáticas, aponta novo estudo

(FOLHAPRESS) - Daqui a cerca de cem anos, um quarto da costa da China...

Dólar sobe de olho em conflito Israel-Irã e queda de commodities

O dólar perdeu força, mas sustenta alta leve em linha com a valorização externa...