Exposição ‘OCEE – Omolu | A Cura’ entra em exibição no MUHCAB, no Centro do Rio

Published on

Inspirado na terceira edição do espetáculo “OCEE – Orixá, Cultura, Evolução e Essência”, a exposição OCEE – Omolu | A Cura reúne a partir desta quinta-feira (11), no MUHCAB, Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira, 15 fotografias de Bendito Benedito, que registram a arte de terreiro de uma iniciação para o santo Omolu dentro do Candomblé (Nação Angola). É o sagrado sob as lentes da produção cultural de forma respeitosa em prol ao combate à intolerância religiosa.

A exposição também conta com uma produção de cenografia com elementos de artes visuais que remetem à divindade Omolu e as características do seu culto e uma produção audiovisual em formato de mini documentário com a equipe envolvida no projeto: a Tatiana Sillva, produção de cenografia, Mameto Verônica Ria Ndandalunda, o Diretor de Teatro Hudson Batista, o cinegrafista Reinaldo Santana, e Bendito Benedito, autor das imagens produzidas para exposição.

A curadoria é de Robson de  Paula, mais conhecido como Tata Agionà Ria Nkasuté, que também é pesquisador e ogã dentro das religiões de matrizes africanas, atuando como curador também nas edições anteriores do projeto OCEE e com importante contribuição para a cultura afro com seu conhecimento há mais de três décadas.

A exposição é uma realização da Sanuto Produções, empresa de produção cultural com vasta experiência em diversos segmentos. Para a produtora Emanuele Sanuto, a obra de Bendito Benedito conta a arte de terreiro de uma forma especial:

“As imagens conseguem demonstrar a energia de um momento importante para os adeptos da religião de matriz africana e para os não adeptos. Provam que a religião não age como os preconceituosos pregam. Com isso, geramos a curiosidade para que o público queira saber mais sobre a cultura afro religiosa”, enfatiza.

OCEE – Omolu | A Cura fica em exibição de 12 de janeiro a 11 de fevereiro no MUHCAB, Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira, que fica localizado na Rua Pedro Ernesto, 80 – Gamboa. O espaço fica aberto de quinta a sábado, das 10h às 17h, com visita guiada aos sábados. A entrada é gratuita, pede-se apenas 1 kilo de alimento não perecível, se possível, para as ações sociais do projeto. A classificação é livre.

Serviço:

Exposição: OCEE – Omolu | A Cura

Local: MUHCAB, Museu da História e da Cultura Afro-Brasileira

Endereço: Rua Pedro Ernesto, 80 – Gamboa

Temporada: 12/ 01 a 11/02 (de quinta a sábado)

Horário: das 10h às 17h

Entrada: gratuita, pede-se apenas 1 kilo de alimento não perecível.

The post Exposição ‘OCEE – Omolu | A Cura’ entra em exibição no MUHCAB, no Centro do Rio appeared first on Super Rádio Tupi.

More like this

UFC: Dana White anuncia aumento de bônus no UFC 300 para mais de R$ 1,5 milhão

O presidente do UFC, Dana White, anunciou aumento no valor do bônus do UFC...

Uso de canabidiol para tratar dependência de crack é melhor do que remédios convencionais, diz estudo

(FOLHAPRESS) - Um estudo pioneiro no Brasil demonstrou que o tratamento de usuários de...

Ricardo Nunes recua sobre instalação de 1,5 mil radares em São Paulo

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), vetou o aumento de radares eletrônicos...