Pacheco diz que Consequências jurídicas têm de ser muito severas

Published on

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco falou, nesta terça-feira (10), que as consequências jurídicas para aqueles que participaram da invasão aos três Poderes, no domingo, tem que ser “muito severas”.

O pronunciamento foi feito após a aprovação do decreto de intervenção federal no DF pelo plenário do Senado. Ele também disse que a pacificação é fundamental para o Brasil, “no entanto, isso não se confunde com inércia ou leniência em relação a fatos que precisam ser apurados e punidos. Pacheco agradeceu o trabalho da Polícia Legislativa e disse que ela já está fazendo o possível para individualizar cada cidadão que cometeu esses crimes.

Ao ser questionado sobre uma possível falha nas forças de segurança PA impedir a entrada dos baderneiros, o presidente do Senado disse: “Me parece que este acontecimento poderia ter sido evitado, mas não quero fazer nenhum tipo de pré-julgamento. Prefiro confiar nas forças de segurança”, informou.

Rodrigo Pacheco também disse que conhece o governador afastado do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) desde antes de sua trajetória política, e que ele sempre foi comprometido com o estado democrático de direito. “Tendo a acreditar que Ibaneis foi induzido ao erro, e não tenha praticado esse erro deliberadamente”, disse.

The post <strong>Pacheco diz que Consequências jurídicas têm de ser muito severas</strong> appeared first on Super Rádio Tupi.

More like this

UFC: Dana White anuncia aumento de bônus no UFC 300 para mais de R$ 1,5 milhão

O presidente do UFC, Dana White, anunciou aumento no valor do bônus do UFC...

Uso de canabidiol para tratar dependência de crack é melhor do que remédios convencionais, diz estudo

(FOLHAPRESS) - Um estudo pioneiro no Brasil demonstrou que o tratamento de usuários de...

Ricardo Nunes recua sobre instalação de 1,5 mil radares em São Paulo

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB), vetou o aumento de radares eletrônicos...