Home Rio de Janeiro Mundial marcará volta do Flamengo ao continente africano depois de 30 anos

Mundial marcará volta do Flamengo ao continente africano depois de 30 anos

0

Em aproximadamente um mês, torcedores do Flamengo estarão ansiosos para a estreia da equipe no Mundial de Clubes da Fifa. Os dias 7 e 8 de janeiro foram reservados para as semifinais da competição mais almejada pelos rubro-negros desde o título conquistado em 1981. Quando pisar em campo, o clube carioca vai derrubar uma escrita de mais de 30 anos sem jogar uma partida no continente africano.

Ao todo, com base em levantamento feito pelo portal ‘Fla Estatística’, foram 23 partidas disputadas pelo Flamengo na África. O primeiro registro data um amistoso com o Ashanti Kototo, em 23 de junho de 1962. Na ocasião, o rubro-negro foi a Gana e venceu o clube local por 4 a 3 com dois gols de Dida, um de Nelsinho e outro de Miranda.

Campeões brasileiros de 1992 e Zico se destacaram na África

Houve ainda mais uma excursão em 1964, além de aparições nas décadas seguintes variando de jogos contra seleções locais, clubes africanos e até encontros com clubes da Europa. O mais recente foi em 6 de agosto de 1992 com a goleada por 4 a 0 sobre o Bloemfontein Celtic, na África do Sul com dois gols de Djalminha, um de Paulo Nunes e outro de Gaúcho.

As passagens do Flamengo pela África incluem jogos em um país que já até mudou de nome. A seleção do Zaire, que jogaria a Copa do Mundo de 1974, teve dois amistosos diante dos cariocas no começo daquele ano. Foram dois empates (3 a 3 e 4 a 4). Zico já era protagonista e marcou três vezes no somatório dos jogos. Desde 1997 o se chama República Democrática do Congo.

Marrocos recebeu o Flamengo em dois momentos diferentes

No Marrocos, foram três jogos em dois momentos diferentes da história. A primeira vez, em 1968, uma vitória por 3 a 2 sobre o Racing, da Argentina, pelo Torneio Internacional do Marrocos. Luis Cláudio, Silva ‘Batuta’ e Liminha fizeram os gols rubro-negros. A volta ao país do próximo Mundial foi em 1985 em dois amistosos. No primeiro, empate em 0 a 0 com o Kassen Club.

O último jogo do Flamengo em solo marroquino foi diante do atual campeão africano. O duelo com o Wydad Casablanca em 2 a 2 com gols de Chiquinho e Gilmar Popoca. Existe a possibilidade de um reencontro dependendo do chaveamento que será divulgado na próxima sexta-feira. No total, foram 17 vitórias e seis empates do clube da Gávea em solo africano. Não há registro de derrotas.

Os países da África que receberam jogos do Flamengo, entre amistosos e torneios, foram África do Sul, Angola, Argélia, Costa do Marfim, Gabão, Gana, Líbia, Marroco, Tunísia e Zaire (atual República Democrática do Congo).

The post Mundial marcará volta do Flamengo ao continente africano depois de 30 anos appeared first on Super Rádio Tupi.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here