WhatsApp toma medida para evitar que serviço de mensagens seja banido

Published on

O WhatsApp anunciou que, pela primeira vez, vai permitir que o serviço se mantenha a funcionar por via de servidores ‘proxy’ de forma a evitar bloqueios governamentais com intenção de censurar os respectivos cidadãos.

“Isto significa que estamos colocando nas mãos das pessoas o poder de manter o acesso ao WhatsApp se a ligação for bloqueada ou interrompida”, anunciou o WhatsApp numa publicação de blog. “A escolha de um ‘proxy’ permite estabelecer ligação ao WhatsApp através de servidores criados por voluntários e organizações em todo o mundo, dedicados a ajudar as pessoas a comunicar livremente”.

A medida foi anunciada como reação à tentativa do Irã de bloquear o serviço de mensagens para conter os protestos resultantes da morte de Mahsa Amini às mãos das autoridades locais. O WhatsApp assegura que este tipo de ligação não impactará a encriptação de mensagens do seu serviço.

“Existimos para ligar o mundo de forma privada. Apoiamos o direito das pessoas de terem acesso a mensagens privadas. Não vamos bloquear números iranianos. Estamos trabalhando para manter os nossos amigos iranianos conectados e faremos de tudo dentro da nossa capacidade técnica para manter o nosso serviço ativo e  funcionando”, diz uma mensagem partilhada pelo WhatsApp através do Twitter.

We exist to connect the world privately. We stand with the rights of people to access private messaging. We are not blocking Iranian numbers. We are working to keep our Iranian friends connected and will do anything within our technical capacity to keep our service up and running

— WhatsApp (@WhatsApp) September 22, 2022

 

More like this

António Oliveira abraça o ‘corintianismo’ e muda ambiente em duas semanas

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O técnico António Oliveira se mostra bem à vontade...

Aprenda a limpar corretamente a tábua de corte e evite bactérias

tábua de corte é um item indispensável na cozinha, utilizado para cortar e preparar...

Família que fugiu da Ucrânia volta a perder tudo no incêndio de Valência

Um casal de ucranianos que deixou o país devido ao início da guerra e...