SEOP interdita restaurante do Leblon por comércio ilegal de quentinhas

Published on

A Secretaria de Ordem Pública e a Subprefeitura da Zona Sul realizaram na manhã desta sexta-feira (6), uma operação para fiscalizar um restaurante no Leblon que funcionava como distribuidor de quentinhas para comerciantes irregulares em São Conrado e em outras localidades da Zona Sul. O estabelecimento foi parcialmente interditado e multado pela SEOP por estar com o alvará em desacordo, pois fornece uma quantidade de alimento para outras lojas sem o devido licenciamento, e autuado pelo Instituto de Vigilância Sanitária por falta de asseio e por ter produto impróprio para consumo.

De acordo com a SEOP, foram descartados 15 doces e quatro molhos por falta de identificação, mais 3,5kg de alimentos em temperatura ambiente.

Agentes do setor de inteligência da SEOP investigaram os vendedores de quentinhas e concluíram a ligação deles com uma das proprietárias do restaurante, que fornece quentinhas para os esses ambulantes.

“A Secretaria de Ordem Pública vem fazendo ações de ordenamento para coibir o comércio irregular de venda de quentinhas na cidade. Esse comércio, além de não ser autorizado pela prefeitura, provoca trânsito e desordem nos locais utilizados para venda, como carro em cima da calçada, além de total descontrole sanitário daquela alimentação que as pessoas consomem. O setor de inteligência da SEOP descobriu que havia um estabelecimento comercial aqui no Leblon revendendo essas quentinhas para serem então comercializadas na rua. É uma atividade irregular, não autorizada pelo alvará desse estabelecimento. Então, nós fizemos a fiscalização aqui junto com a Vigilância Sanitária fazendo a interdição dessas atividades com foco na proteção da saúde das pessoas e também com foco no ordenamento da cidade, que é fundamental para que gente possa ter uma cidade novamente em crescimento”, ressalta o Secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

O Subprefeito da Zona Sul, Flávio Valle, reforça a importância da operação. “O objetivo da operação de hoje foi atestar as condições sanitárias das quentinhas que são produzidas em locais sem a licença devida. Encontramos inúmeras irregularidades, que colocam a vida dos próprios consumidores em risco. Alimentos em condições impróprias, sem rótulos devidos, paredes mofadas e descongelamento inadequado foram alguns dos elementos que nos levaram a interdição parcial do estabelecimento”, explica.

Confira as imagens abaixo:

SEOP interdita restaurante do Leblon por comércio ilegal de quentinhas (Foto: Divulgação)

SEOP interdita restaurante do Leblon por comércio ilegal de quentinhas (Foto: Divulgação)

SEOP interdita restaurante do Leblon por comércio ilegal de quentinhas (Foto: Divulgação)

SEOP interdita restaurante do Leblon por comércio ilegal de quentinhas (Foto: Divulgação)

SEOP interdita restaurante do Leblon por comércio ilegal de quentinhas (Foto: Divulgação)

The post SEOP interdita restaurante do Leblon por comércio ilegal de quentinhas appeared first on Super Rádio Tupi.

LEIA TAMBÉM

Mega-sena acumula de novo e prêmio vai para R$ 61 milhões

Nenhum apostador acertou as seis dezenas do concurso 2.751 da Mega-Sena, sorteadas neste sábado...

Juventus abre conversas pela contratação de Galeno, do Porto e seleção

(UOL/FOLHAPRESS) - A Juventus demonstrou interesse na contratação do atacante Galeno, que chegou a...

Os esportes mais novos (e os mais antigos) das Olimpíadas modernas

De quatro em quatro anos, o mundo prende a respiração enquanto os atletas mais...