Renatinho Bokaloka gravou show momentos antes de passar mal; vídeo

Published on

 


Cantor é uma das principais vozes do pagode romântico do fim dos anos 90


|  Foto:
Rede social

 

O cantor Renatinho Bokaloka gravou parte de sua apresentação momentos antes de se sentir mal e seguir para o hospital na noite da última quarta (4) após um infarto. Ele a banda estavam no Bar do Zeca Pagodinho, na Zona Oeste do Rio, quando o cantor teve um mal súbito faltando cerca de 20 minutos para o término do show. 

Renatinho foi socorrido por produtores e amigos até o Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, onde recebeu os primeiros atendimentos. Ele foi transferido para o Instituto do Coração, em Laranjeiras, nesta quinta (5), mas morreu na unidade. 

Leia+: Morre o cantor de pagode Renatinho Bokaloka

Nas imagens, registradas do próprio celular do músico, ele mostra o salão do local lotado e fãs cantando um de seus sucessos, ‘Que situação’. Segundo o produtor da banda, após a saída de Renatinho do palco, ele foi substituído pelo cantor Arlindinho, que seguiu a apresentação. 

Não foi a primeira vez que Renatinho passou por problemas de saúde também por sofrer um infarto. Em maio do ano passado, durante uma turnê na Europa, o cantor precisou recorrer a um hospital na França. Na ocasião, ele passou por uma cirurgia para colocar dois stents, recurso que desobstrui as artérias do coração. 

 


Renatinho gravou seu último momento no palco
Rede social

  

Voz do pagode 90

Renatinho Bokaloka era uma das principais vozes do pagode dos anos 90. Emplacou sucessos que falavam de amor e embalou fãs do pagode romântico. Alguns sucessos da banda foram “Que situação”, Shortinho Saint-Tropez”, além do clássico “Duas Paixões”, eternizada pela banda e “Melhor amiga da minha namorada”. 

Carioca e vascaíno, entrou para o grupo em 1995, ainda com o nome de “Água na boca”, que era formado Toninho Branco (cavaco), Leandro (pandeiro), Layse (percussão), Robinho (bateria), Pedro Py (teclado), Marcelo (baixo) e Bidú (surdo). Em 1997 lançou o seu primeiro CD “Você vai se amarrar” (Indie Records) sendo, “mais uma chance”, a primeira música de trabalho. 

Alguns artistas e amigos do cantor lamentaram a morte de Renatinho nas redes sociais. 

“Um abraço de conforto em toda família , em nome dos amigos do samba, recebam nossas condolências”, disse o Netinho de Paula. 

“Descanse em paz, queridíssimo Renatinho!”, escreveu Ivo Meirelles. 

 Arlindinho, que substituiu Renatinho durante a última apresentação do cantor, também postou um vídeo em que presta condolências pela morte do artista nas redes sociais.

A produção do cantor ainda não divulgou informações sobre horário e local do enterro. 

LEIA TAMBÉM

Seleção feminina perde do Japão e disputa 3º lugar na Liga das Nações de vôlei

Após uma campanha perfeita, com 13 vitórias em 13 jogos na Liga das Nações,...

Lando Norris desbanca Vertappen e conquista a pole no GP da Espanha de F-1

Lando Norris conseguiu superar um susto para conquistar a pole para o GP da...

Pais de criança com doença rara acionam Justiça para que União compre remédio de R$ 15 mi

PATRÍCIA PASQUINISÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A família de Murilo Gabriel Costa Nascimento, 4,...