Preços de alugueis residenciais fecham 2022 com alta de 8,25%, diz FGV

Published on

O Índice de Variação de Aluguéis Residenciais (Ivar), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), acumulou alta de 8,25%, em 2022. No ano anterior, o indicador havia fechado com deflação (queda de preços) de 0,61%.
O índice é calculado com base em preços coletados nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.
Belo Horizonte apresentou o maior índice de inflação em 2022, com taxa de 11,31%, depois de registrar aumento de preços 1,46% em 2021 (alta de 9,85 ponto percentual). São Paulo aparece em seguida, com taxa de 7,80%, depois de uma deflação de 1,83% (alta de 9,63 ponto percentual), no ano anterior.
No Rio de Janeiro, os aluguéis ficaram 8,34% mais caros em 2022, depois de uma inflação de 0,46% no ano anterior (alta de 7,88 ponto percentual). Porto Alegre passou de uma deflação de 0,35% em 2021 para uma inflação de 7,15% em 2022 (alta de 7,5 ponto percentual).
Em dezembro de 2022, o Ivar teve deflação de 1,19%, mais intensa do que a queda de preços de

More like this

Concessionária divulga imagens do aeroporto de Porto Alegre após limpeza

A concessionária Fraport Brasil divulgou imagens de como ficou o Aeroporto Internacional Salgado Filho,...

Justiça obriga governo de SP a reduzir limite de velocidade e a instalar radares em rodovia

A Justiça de São Paulo negou recurso impetrado pelo governo de São Paulo e,...

Gastrite: causas, sintomas e tratamento

A gastrite é uma inflamação do revestimento do estômago que pode afetar as pessoas...