Pomada para cabelos é proibida no Rio após causar cegueira temporária em pessoas

Published on

De acordo com um comunicado emitido pela Secretaria Municipal de Saúde e o Instituto Municipal de Vigilância Sanitária do Rio, nesta quinta-feira (5), a pomada modeladora Cassu Braids está proibida de usada e vendida.

O motivo se deu pelo fato de que centenas de pessoas ficaram temporariamente cegas após sofrerem lesões nos olhos, depois de ter contato com o produto. Além disso, os órgãos ordenaram a suspensão de outros produtos fabricados pela Microfarma Indústria e Comércio LTDA e distribuídos pelo Instituto Cassulinha Cabelos Comércio e Serviço LTDA. 

De acordo com a Secretaria de Saúde do Rio, 195 pessoas tiveram lesões nos olhos depois de ter contato com o produto, usado para modelar tranças e penteados, no período entre 26 de dezembro e 2 de janeiro. O fabricante não tinha registro nos órgãos competentes.

O Instituto Municipal de Vigilância exaltou a importância de comercializar e usar apenas produtos registrados na Anvisa, respeitando as instruções e o prazo de validade.

The post Pomada para cabelos é proibida no Rio após causar cegueira temporária em pessoas appeared first on Super Rádio Tupi.

More like this

UFRJ diz estar ‘respirando por aparelhos’ e pede socorro ao governo; alunos anunciam greve

(FOLHAPRESS) - A situação financeira da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) é...

Recém-nascida é atingida por bala perdida quatro horas após nascer

Uma recém-nascida foi atingida na cabeça, de raspão, por uma bala perdida, apenas quatro...

Juros recuam, mas rotativo do cartão sobe, atingindo 423,5% ao ano

A taxa média de juros das concessões de crédito para famílias teve pequena redução...