Nova narrativa sobre liberdade: exposição na Gamboa apresenta Bicentenário da Independência do Brasil

Published on

Apresentando novas narrativas sobre o bicentenário da independência do Brasil, a exposição Margens Plácidas apresenta quatro obras, que variam entre acrílicas sobre tecido, lambe-lambe, tinta de carimbo sobre algodão e um vídeo.

“Meu projeto é postular outra forma de contar a história da liberdade no Brasil, com protagonismo do povo negro na sua construção, investigando marcos no território da Gamboa e adjacências”, defende André Vargas, desenvolvedor do vídeo.

Margens Plácidas exibirá ainda obras dos artistas Daniel Murgel e Leandro Barboza. Daniel traz uma obra inédita, a partir da pesquisa dos tipos de telhas coloniais disponíveis no mercado de material de construção, ao redor do Morro da Providência. “O telhado simboliza abrigo e proteção, que entra em contradição com a invasão das terras brasileiras, principalmente pelos portugueses e franceses”, afirma.

O visitante também pode conhecer a obra de Leandro, um pilar com todas as camadas construtivas expostas. “traçando um paralelo entre as estruturas que sustentam uma construção e a construção de uma república”, revela Leandro.

André Vargas, artista visual, poeta e compositor [Foto: Marcos Vinicios de Souza]

A artista Sara Mosli e a pesquisadora Gisella Mello também participam da exposição. Nascida em Ouro Preto, Sara apresentará nove obras inspiradas nos panfletos políticos do dossiê “Guerra das Penas: Panfletos Políticos da Independência (1830-1823)”.

O objetivo, segundo ela, é “editar poeticamente” os dizeres dos panfletos, de forma que se tornem uma “pequena reflexão contemporânea das demandas sociais que nos acometem hoje, 200 anos depois da invenção da ideia de Brasil, vivendo em um contexto convulsivo onde o patriotismo têm excedido a realidade democrática conquistada a duras penas na nossa história.”

Já a pesquisadora Gisella criou cinco obras que apresentarão um paralelo entre o bairro da Gamboa atual e o do passado. “Minha intenção, ao executar este trabalho, é demonstrar para a sociedade atual como foi a sociedade passada. É através do seu patrimônio cultural que uma sociedade evidencia-se”, ressalta ela.

A exposição acontece às 17h, de 6 a 22 de janeiro na Rua Pedro Ernesto, 56. Todos os eventos são gratuitos, transmitidos pelas redes sociais do Atelier Sanitário e contarão com a presença da comunidade local e artística. Os projetos contam com patrocínio do Governo do Estado, Secretaria de Economia Criativa do Rio de Janeiro, através do Edital Retomada Cultural RJ2.

The post Nova narrativa sobre liberdade: exposição na Gamboa apresenta Bicentenário da Independência do Brasil appeared first on Super Rádio Tupi.

LEIA TAMBÉM

Seleção feminina perde do Japão e disputa 3º lugar na Liga das Nações de vôlei

Após uma campanha perfeita, com 13 vitórias em 13 jogos na Liga das Nações,...

Lando Norris desbanca Vertappen e conquista a pole no GP da Espanha de F-1

Lando Norris conseguiu superar um susto para conquistar a pole para o GP da...

Pais de criança com doença rara acionam Justiça para que União compre remédio de R$ 15 mi

PATRÍCIA PASQUINISÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A família de Murilo Gabriel Costa Nascimento, 4,...