Niterói pretende ampliar malha cicloviária em 2023

Published on

Niterói vem ganhando cada vez mais destaque entre as cidades brasileiras que investem em ciclovias para melhorar a mobilidade urbana e promover a cultura da bicicleta. Na Avenida Marquês de Paraná, via que liga Icaraí ao Centro, já são mais de 750 bicicletas por hora no horário de pico, fazendo dela uma das ciclovias mais movimentadas do país.
“A ampliação da malha cicloviária é parte do planejamento para tornar a mobilidade urbana cada vez mais democrática, inclusiva e sustentável. As ciclovias que estão sendo implantadas trarão ganhos imensos no dia a dia da população local, dos turistas e visitantes. É importante notar que são ciclovias de ligação entre bairros, ou seja, a maioria das pessoas usa para se deslocar para os seus compromissos, utilizando a bicicleta como uma solução efetiva para a mobilidade urbana”, afirma o prefeito Axel Grael.
Para ampliar ainda mais o número de usuários em 2023, a Coordenadoria Niterói de Bicicleta planejou várias ações. Na parte da malha cicloviá

LEIA TAMBÉM

Juventus abre conversas pela contratação de Galeno, do Porto e seleção

(UOL/FOLHAPRESS) - A Juventus demonstrou interesse na contratação do atacante Galeno, que chegou a...

Os esportes mais novos (e os mais antigos) das Olimpíadas modernas

De quatro em quatro anos, o mundo prende a respiração enquanto os atletas mais...

Homem morre afogado após cair de embarcação no Lago Paranoá

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um homem de 27 anos morreu afogado no Lago...