Kaká se pronuncia após críticas por não ter ido ao velório de Pelé

Published on

 


Durante a Copa do Mundo, o ex-jogador lamentou que os grandes atletas do futebol não são tratados com o valor que merecem


|  Foto:
Rede Social

 

Kaká recorreu às redes sociais nesta quinta-feira (5) para se pronunciar após ser acusado de hipocrisia por não ter ido ao velório do Rei Pelé, falecido em 29 de dezembro do ano passado.

Acontece que, durante a Copa do Mundo, o ex-jogador lamentou que os grandes atletas do futebol não são tratados com o valor que merecem, porém, o comentário soou como contraditório já que o ex-atleta não compareceu ao velório de Pelé.

“Durante a Copa do Mundo, uma declaração minha foi feita dentro de um contexto, mas infelizmente se espalhou como uma crítica a todo o povo. Nunca foi essa a minha intenção. Nem poderia ser, principalmente pelo fato do povo brasileiro ter sempre me tratado com muito amor. Eu me referia apenas às pessoas que, naquele momento, torciam contra um ídolo da Seleção. Errei na forma deselegante que citei um amigo, mas já me desculpei, seguimos juntos em frente”, começou Kaká.

Leia +: Em estado delicado, Gloria Maria é internada para tratamento

Leia +: Morre o cantor de pagode Renatinho Bokaloka

Leia +: Estrela de ‘Stranger Things’ se declara homossexual

O ex-jogador relembrou quando Pelé lhe entregou o prêmio ‘Bola de Ouro’, em 2007, e revelou que somente o falecido atleta “poderia tornar aquele momento ainda melhor”.

“Essa declaração novamente foi lembrada agora por ocasião do falecimento e velório do nosso querido Rei Pelé, pessoa que tenho uma admiração enorme, e que recebi de suas mãos o maior prêmio individual da minha carreira. Naquela noite, disse que só mesmo ele poderia tornar aquele momento ainda melhor. Como brasileiro e amante do futebol, meu respeito e admiração permanecerão e sinto demais não ter ido para Santos”, continuou.

Kaká fez questão de dizer que homenageou Pelé em vida e que durante a Copa do Mundo propôs ao presidente da Fifa a atribuição do nome Pelé a uma premiação. 

“Tive a oportunidade de homenagear o Rei em vida algumas vezes, entre elas, uma conversa apenas entre nós, promovida gentilmente por seu filho. Foi mais um momento especial, entre outros, que guardarei em meu coração. Durante a Copa do Mundo, propus ao presidente da Fifa a atribuição do nome Pelé a um dos prêmios concedidos pela Fifa na sua gala anual e torço para que assim aconteça”, finaliza.

LEIA TAMBÉM

Seleção feminina perde do Japão e disputa 3º lugar na Liga das Nações de vôlei

Após uma campanha perfeita, com 13 vitórias em 13 jogos na Liga das Nações,...

Lando Norris desbanca Vertappen e conquista a pole no GP da Espanha de F-1

Lando Norris conseguiu superar um susto para conquistar a pole para o GP da...

Pais de criança com doença rara acionam Justiça para que União compre remédio de R$ 15 mi

PATRÍCIA PASQUINISÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A família de Murilo Gabriel Costa Nascimento, 4,...