Seis dicas para convidar a energia positiva a entrar em sua casa em 2023

Published on

Despedimo-nos há pouco de mais um ano e quase que ainda conseguimos ouvir, em plano de fundo, a contagem decrescente que antecedeu as 12 badaladas que marcaram a entrada em 2023. Entre abrir o champanhe e brindar, comer as passas ao mesmo tempo em que se pedem desejos, bater as panelas, lançar confetes e assistir aos fogos de artifício típico do réveillon, terão se cumprido – por parte de uns mais do que de outros – as tradições da época.

Fechou-se um ciclo, fizeram-se balanços; inaugurou-se outro, fizeram-se planos. Por norma, o ritual repete-se ano após ano e, neste contexto, transversal (e consensual) será, arriscaríamos dizer, a vontade de começar o novo ciclo com o pé direito, munidos dos instrumentos certos. Sim, porque por muito que sonhamos, há que passar à ação. Não podemos fazer tudo de forma igual e esperar resultados diferentes, concorda? Ora, nada como estar rodeado da atmosfera certa por forma a tomar as melhores decisões (e colocá-las em prática) neste novo ano.

Sendo a nossa casa o nosso refúgio, o espaço que nos acolhe no final dos dias, por mais desafiantes que tenham sido, e, expectavelmente, nos abraça com conforto, é essencial, pois, que nos sintamos lá bem. E, para o efeito, importa convocar boas energias para dentro de portas, reunindo assim as condições para que também outras esferas das nossas vidas sejam impactadas por essa corrente positiva. Mas, uma vez mais, esperar que os astros se alinhem e o universo conspire a nosso favor não é opção. Há soluções simples a nível decorativo que ajudam (muito) as energias positivas a entrar em casa. Anote estas seis dicas da hôma – Happy Home Living.

1. Deixe entrar mais luz, faz milagres

A primeira dica: deixar entrar mais luz. Uma casa iluminada com luz natural em detrimento da artificial – embora esta última possa ter também um importante papel a desempenhar – é uma casa mais leve, mais aberta a receber, mais harmoniosa. Como potencializar então, a entrada de luz natural? Não, não é necessário recorrer a obras para, por exemplo, rasgar janelas. Poderá investir em tons predominantemente claros, nomeadamente no que aos têxteis diz respeito e sobretudo no caso das cortinas, cujo material deve ainda ser translúcido para que a luz possa penetrar. Paredes brancas ajudam a refletir a luz, assim como espaços amplos: quanto menos barreiras a luz enfrentar, mais se expandirá.

© hôma  

2. Aposte nos espelhos (mas intactos, por favor)

Espelhos. Desde que intactos – espelhos partidos, acredita-se, podem produzir o efeito inverso, os espelhos são tidos como uma fonte de equilíbrio de energias. Além de que dão uma preciosa contribuição, ainda que ilusória, para que espaços pequenos se tornem maiores, sendo ao mesmo tempo aliados da entrada de luz que mencionamos atrás. Olhando apenas para a sua vertente decorativa, os espelhos são propostas interessantes, enriquecendo as áreas onde estão inseridos e conferindo-lhes particular elegância.

3. Plantas, muitas plantas!

Outro elemento muito útil para captar energias positivas são as plantas. Plantas e flores, leia-se. Isto porque as plantas aumentam a sensação de bem-estar, sendo responsáveis por vibrações mais alegres e condutoras de otimismo. No caso das flores, convém tirá-las quando começarem a murchar, sob pena de a sua presença resultar no efeito oposto. Aliás, tendo em conta a sua curta durabilidade, poderá sempre optar por flores e/ou plantas artificiais. Há imensas opções que poderá conjugar formando bonitos arranjos, por sinal muito idênticos aos naturais e, claro, muito mais duradouros!

© hôma  

4. Bambu, o mestre da sorte

Por falar em plantas, há uma em particular que é vencedora nesta matéria: o bambu. Símbolo de sorte e de prosperidade, o bambu vem assumindo um crescente protagonismo ao nível da decoração de interiores pela sua polivalência enquanto matéria-prima e também pela sua sustentabilidade. Há inúmeros objetos decorativos feitos a partir de bambu com os quais poderá adornar a sua casa. De mobiliário como mesas de apoio, passando por espelhos ou candeeiros, não falta variedade.

© hôma  

5. Velas, queimadores de incenso e óleos essenciais

Velas, queimadores de incenso e difusores de óleos essenciais são verdadeiros amigos no que toca a transmitir tranquilidade, proporcionando momentos de relaxamento e de conexão interior e, como tal, induzindo à captação de energias positivas. Dependendo dos aromas escolhidos, alguns têm mesmo uma vocação orientada para questões de saúde, podendo, designadamente, trazer benefícios no que respeita a ansiedade e a insónias.

© hôma  

6. Objetos decorativos: Do elefante ao caçador de sonhos

Por último, há vários objetos decorativos, de cariz mais supersticioso e alguns até de índole religiosa, relacionados com energias positivas. É o caso do elefante, que simboliza a sabedoria e atrai prosperidade e riqueza, e do buda, igualmente encarado como amuleto de sorte. Estatuetas com estas figuras são as representações mais comuns, mas também não faltam padrões e estampados nos têxteis, ou ainda pinturas alusivas a estes elementos.

© hôma  

Para lá do elefante e do buda, temos ainda a mão de Hamsá, as mandalas, os caçadores de sonhos e o olho grego. Embora cada um tenha as suas especificidades, grosso modo, há a crença de que todos de uma forma ou de outra atraem boas energias e favorecem a harmonia e o equilíbrio. É certo que não passam de convicções sem qualquer evidência científica, mas não custa tentar colher os frutos que prometem, até porque a mera sugestão tem por si só muito poder.

Mãos à obra!

More like this

Médico capixaba vai ao RS como voluntário, sofre enfarte e está na UTI em estado grave

Um médico anestesista capixaba sofreu um enfarte no dia 20 de maio enquanto realizava...

Ataque a campo de refugiados de Gaza foi ‘incidente trágico’, diz Netanyahu

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou que o...

Alckmin afirma que auxílio às grandes empresas do RS será anunciado entre hoje e amanhã

O vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Gerado Alckmin,...