Prefeitura do Rio se posiciona contra o serviço de Uber por motos

Published on

No dia em que o serviço de transporte por motos da plataforma Uber foi anunciado, o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, demonstrou, em suas redes sociais, ser contra a nova modalidade de transporte. Da mesma forma, a prefeitura se manifestou contrária à iniciativa. Embora já esteja funcionando em dezenas de municípios brasileiros, o Uber Moto poderá ter dificuldades, a depender do poder municipal, para operar na capital carioca.“A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes, informa que vai adotar as medidas cabíveis para impedir o uso de Uber Moto na cidade. A empresa de mobilidade lançou mais um serviço em que visa somente o lucro, sem prestar as devidas contrapartidas aos trabalhadores e órgãos públicos”, se manifestou a prefeitura nesta quinta-feira (5).A plataforma Uber se pronunciou em nota, alegando que já oferece viagens de moto desde novembro de 2020 no Brasil e, no Rio de Janeiro, a modalidade já está presente na região metropolitana desde o final

LEIA TAMBÉM

Seleção feminina perde do Japão e disputa 3º lugar na Liga das Nações de vôlei

Após uma campanha perfeita, com 13 vitórias em 13 jogos na Liga das Nações,...

Lando Norris desbanca Vertappen e conquista a pole no GP da Espanha de F-1

Lando Norris conseguiu superar um susto para conquistar a pole para o GP da...

Pais de criança com doença rara acionam Justiça para que União compre remédio de R$ 15 mi

PATRÍCIA PASQUINISÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A família de Murilo Gabriel Costa Nascimento, 4,...