Estudantes de Quissamã já podem se cadastrar para o Transporte Universitário de 2023

Published on

Inscrição pode ser feita por estudantes dos ensinos superior e técnico. Quem já possui acesso, também deve recadastrar. Inscrição online vai até 31 de janeiro. Estudantes tem prazo até 31 de janeiro para se cadastrar ou se recadastrar no Programa de Transporte Universitário em Quissamã
Secretaria de Educação/Divulgação
Estudantes de Quissamã, no Norte Fluminense, já podem se cadastrar para o Transporte Universitário referente ao 1º semestre do ano letivo de 2023. Quem já tem acesso ao transporte também deve se recadastrar. A inscrição pode ser feita online, pelo site da Prefeitura, até o dia 31 de janeiro.
O benefício pode ser solicitado tanto por estudantes do ensino superior quanto do ensino técnico.
“No momento da inscrição será necessário inserir a grade curricular ou quadro de horários; comprovante de residência; documento de identificação com foto e foto 3×4; além de declaração de matrícula na faculdade ou curso técnico (com o turno). Documentos faltantes podem ser inseridos posteriormente ao cadastro. Até a entrega de toda documentação obrigatória, o cadastramento fica com status ‘pendente’”, explicou o município.
Ainda segundo a Prefeitura, a ampliação da oferta de Bolsa de Estudos fez a procura pelo Transporte Universitário aumentar desde que foi retomado, em 2021. Só no último ano letivo foram 700 alunos que estudam em Campos e Macaé beneficiados.
“O transporte gratuito é ofertado pela Prefeitura em reconhecimento à importância da formação acadêmica, além de garantir segurança, conforto e economia aos alunos”, disse o município.
E para este ano, a secretária de Educação, Helena Lima, disse que o número de vagas para o Transporte Universitário será ampliado.
“Os estudantes descem no local que precisam e não têm qualquer tipo de prejuízo com deslocamento. Disponibilizando o transporte, diminuímos as dificuldades que possam aparecer durante a caminhada acadêmica, que é sempre cansativa. Para o próximo ano letivo, vamos ampliar o número de vagas e disponibilizar mais turnos à tarde e à noite”, comentou.
A estudante de biologia, Alice Ribeiro, de 19 anos, foi uma da beneficiadas no ano letivo de 2022.
“Minha experiência com o transporte tem sido ótima. Eles nos pegam na porta da faculdade, trazem de volta para a casa. Economizo muito dinheiro com isso e tem sido muito bom, uma experiência ótima”, disse.
Edivan Carvalho, 18 anos, estudante de sistemas de informação, no IFF, também comentou a praticidade e segurança do transporte.
“Fico praticamente na porta da universidade e quando volto para minha casa, desço na minha rua, em segurança”.

More like this

Messi diz ter ‘medo’ de aposentar e crava Inter Miami como seu último clube

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Lionel Messi, prestes a completar 37 anos, admitiu não...

‘A Casa do Dragão’ volta com briga de mães sob promessa de frear violência gratuita

GUILHERME LUISSÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em "A Casa do Dragão", o embate é...

Adivinha quem são esses famosos pelas fotos de infância?

Curioso para ver como eram os famosos na infância? Esta galeria apresenta fotos antigas...