Chineses estão queimando corpos nas ruas em meio ao aumento de casos de COVID-19

Published on

Pequim, a capital da República Popular da China, suspendeu a política de Covid zero no mês passado. O governo chinês, mantinha regras pesadas por pelo menos três anos. Após liberação, o número de casos de doença no país dispararam.

A China não tem conseguido achar um meio termo entre manter as restrições e as demandas populares exigindo que fiquem mais livres para que possam ter acesso às cidades e aos serviços.

Lembrando que a pouco mais de um mês um incêndio deixou dezenas de mortos pelas equipes de socorro não conseguir chegar devido as restrições que haviam na cidade. Logo após o caso, revoltas se tornaram comuns e o povo chinês foi para as ruas pedir viabilização do programa Covid Zero.

Tendo em vista o aumento de mortes, as famílias Chinesas estão queimando os corpos dos entes familiares nas RUAS em meio ao novos casos da doença.

I’ve seen quite a few similar videos, but haven’t posted any until now. Given what we learned from other sources about how difficult & expensive to cremate a body in a #crematorium in #CCPChina, I’m not surprised if someone in the countryside chose to do this.#ChinaCovidDeaths pic.twitter.com/hxhGdhPriS

— Inconvenient Truths by Jennifer Zeng 曾錚真言 (@jenniferzeng97) January 3, 2023

Funerárias e hospitais estão sobrecarregados, e especialistas estimam que 2,1 milhões de mortes por COVID. O Governo Chines afirma que apenas 5.000 pessoas morreram pelo vírus desde o fim do programa mais rígido.

The post Chineses estão queimando corpos nas ruas em meio ao aumento de casos de COVID-19 appeared first on Super Rádio Tupi.

More like this

Cruzeiro anuncia a chegada do atacante argentino Barreal: ‘Ansioso para começar a jogar’

O Cruzeiro pode ter um ataque argentino na reta final do Campeonato Mineiro e...

Caso Daniel Alves: MP da Espanha vai recorrer para endurecer pena de jogador brasileiro

O Ministério Público espanhol vai recorrer da sentença de Daniel Alves por agressão sexual,...

Médico é indiciado por fala xenofóbica contra enfermeira nordestina no RS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Polícia Civil do Rio Grande do Sul concluiu...