Preso suspeito de matar ex-mulher em Cabo Frio

Published on

 


A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil de Casimiro de Abreu


|  Foto:
Reprodução

 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu nesta terça-feira (3) Thiago Oliveira de Souza, de 41 anos, suspeito de ter matado a ex-companheira Rolisene Silva, de 39 anos, em Cabo Frio, na Região dos Lagos. Ele foi encontrado na BR-101, em Casimiro de Abreu.

Rosilene morreu após ser atingida por quatro tiros na manhã da última segunda-feira (2), na Rua Augusto Saraiva, no bairro Jacaré. Ela estava trabalhando no Mercado do Peixe, chegou a ser socorrida a um hospital particular, mas não resistiu. Outro funcionário também foi atingido e está internado em estado grave.

Leia+: Mulher morre após ser baleada no trabalho em Cabo Frio

O suspeito foi abordado próximo ao posto da PRF em Casimiro. A polícia abordou o foragido em um veículo que tinha outro condutor junto. Uma busca foi realizada no automóvel e nada foi encontrado.

 


Mulher foi baleada durante o trabalho


|  Foto:
Reprodução


  

“Após receber informações de que um foragido por feminicídio estaria a caminho do município de Armação dos Búzios em um veículo Renault Logan prata, os agentes da PRF começaram a fiscalizar os veículos em pontos estratégicos”, informou a corporação em nota. 

Segundo os agentes, Thiago não esboçou reação à prisão. Contra ele há duas anotações criminais na Lei Maria da Penha. A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Civil de Casimiro de Abreu.

Rosilene foi enterrada no Cemitério Jardim Park da Saudade nesta terça-feira (3). Como o suspeito estava foragido, a Polícia Militar fez a segurança no local.

More like this

Cruzeiro anuncia a chegada do atacante argentino Barreal: ‘Ansioso para começar a jogar’

O Cruzeiro pode ter um ataque argentino na reta final do Campeonato Mineiro e...

Caso Daniel Alves: MP da Espanha vai recorrer para endurecer pena de jogador brasileiro

O Ministério Público espanhol vai recorrer da sentença de Daniel Alves por agressão sexual,...

Médico é indiciado por fala xenofóbica contra enfermeira nordestina no RS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Polícia Civil do Rio Grande do Sul concluiu...