Milicianos obrigavam posto a abastecer veículos de graça no Rio

Published on

 


Agentes da 42ª DP investigaram o caso a partir de denúncias


|  Foto:
Divulgação

 

A Secretaria Estadual de Polícia Civil informou que agentes da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) prenderam dois homens em flagrante, nesta terça-feira (3), acusados de obrigar funcionários de um posto de gasolina, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio, a abastecer diversos veículos de graça. Contra um dos detidos, de acordo com a Polícia Civil, também foi cumprido um mandado de prisão por roubo. 

Os agentes contaram que as investigações começaram após denúncias de que homens estavam abastecendo veículos em um posto de gasolina e não pagavam o valor correspondente. Segundo os policiais civis, desde de 31 de outubro do ano passado, o estabelecimento foi alvo de 57 ações criminosas desta natureza, causando um prejuízo de cerca de R$ 10 mil.

A Polícia Civil disse ainda que após diligências e um trabalho de inteligência, a dupla foi localizada, na Avenida das Américas, após encher o tanque de um automóvel com gasolina e sair sem pagar o devido valor. Com os presos, foram apreendidos também um veículo, roubado no bairro Madureira, na Zona Norte do Rio, uma pistola, dois celulares e acessórios utilizados na atividade de milícia armada. 

Segundo a Polícia Civil, os acusados responderão por milícia privada, porte ilegal de arma de fogo, receptação e furto qualificado. As investigações continuam para identificar outros envolvidos no crime.

LEIA TAMBÉM

Juventus abre conversas pela contratação de Galeno, do Porto e seleção

(UOL/FOLHAPRESS) - A Juventus demonstrou interesse na contratação do atacante Galeno, que chegou a...

Os esportes mais novos (e os mais antigos) das Olimpíadas modernas

De quatro em quatro anos, o mundo prende a respiração enquanto os atletas mais...

Homem morre afogado após cair de embarcação no Lago Paranoá

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um homem de 27 anos morreu afogado no Lago...