Governo planeja anistia a endividados no consignado do Auxílio Brasil

Published on

O governo federal está estudando a possibilidade de perdoar as dívidas dos beneficiários do Auxílio Brasil que fizeram empréstimo consignado no ano passado, informa O Estado de S. Paulo. 
Wellington Dias, ministro do Desenvolvimento Social, confirmou ao jornal que o assunto tem sido debatido e que a expectativa é que haja a criação de um programa mais amplo de renegociação de dívidas. “Tem uma proposta de anistia para os endividados. Ainda não é possível dizer [os detalhes] porque há aspectos legais que envolvem um banco”, explicou.
O empréstimo consignado do Auxílio Brasil foi aprovado em junho do ano passado e regulamentado meses depois, em outubro. 
O governo federal ainda não se pronunciou se haverá manutenção do consignado na atual gestão.
Em outubro do ano passado, os empréstimos somavam cerca de R$ 5 bilhões em outubro, de acordo com dados do Banco Central (BC).
Como funciona
O crédito consignado é um empréstimo que permite aos beneficiários do Auxílio Brasil terem descont

LEIA TAMBÉM

Companhia aérea encontra mala de Bia Haddad em Guarulhos após apelo nas redes sociais

A companhia aérea Swiss Airlines encontrou a mala que pertence à tenista Beatriz Haddad...

Fome atinge 8,4 milhões no Brasil, mostra estudo da ONU

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Um estudo de cinco agências da ONU mostra...

Corinthians retoma ‘plano Gabigol’ e espera parceiro por reforço de peso

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O atual presidente do Corinthians, Augusto Melo, não desistiu do...