Cláudio Castro realiza primeiras reuniões de 2023 e debate projetos da segurança pública e da educação

Published on

O governador Cláudio Castro iniciou o novo mandato se reunindo com os secretários da área de segurança pública e, em seguida, com os das pastas ligadas à educação. No encontro realizado pela manhã foi feita uma avaliação da segurança no Réveillon – dados preliminares apontam redução dos roubos e furtos na virada em Copacabana – e discutidas novas estratégias para reforçar o combate ao comércio ilegal de metais.

Na área penitenciária, foi apresentado um estudo de um complexo prisional que tenha atividades laborativas – ou seja, em que o apenado possa trabalhar. O projeto de uma nova unidade prisional de segurança máxima também foi apresentado. Além disso, Castro anunciou que todos os 561 aprovados nos concursos da Polícia Civil de 2022 serão chamados.

Começar o ano tratando de segurança pública é começar o ano mostrando para a nossa população, e também para aqueles que sonham em vir empreender no Rio de Janeiro, que estamos trabalhando para que o nosso estado se torne cada dia mais seguro – disse o governador Cláudio Castro.

Participaram da reunião da área da segurança o secretário da Casa Civil, Nicola Miccione, de Polícia Militar, coronel PM Luiz Henrique Marinho Pires, de Polícia Civil, Fernando Albuquerque, de Administração Penitenciária, Maria Rosa Lo Duca Nebel, e o procurador-geral do Estado, Bruno Dubeux.

Ensino vocacionado é uma das metas do governo

Na reunião com os secretários de Educação, Patrícia Reis, e de Ciência e Tecnologia, Dr. Serginho, além dos presidentes das fundações vinculadas às pastas, o governador Cláudio Castro reforçou que a educação será uma das prioridades deste governo e solicitou aos representantes das pastas, no prazo de 30 dias, um cronograma de planos e ações para os próximos quatro anos.

A reposição de professores e adequação do piso salarial estiveram entre os temas, assim como a reforma de escolas e projetos que incentivem a presença dos alunos e a melhoria do ensino.

Foto: Divulgação Governo do Estado do Rio de Janeiro

O governador pediu aos secretários que pensem em projetos para ampliação de carreiras tecnológicas com investimento no ensino vocacionado. Ele orientou que as áreas tecnológicas sejam equivalentes às humanas para que haja um equilíbrio na oferta do ensino público estadual.

A escola do futuro é a escola vocacionada, seja com ensino cívico-militar, ou vocacionadas nas artes, música, esporte ou tecnologia. O aluno precisa ser motivado a aprimorar as suas vocações – ressaltou o governador.

Para melhorar a qualidade do ensino, que teve uma perda significativa devido à pandemia, Castro solicitou que os secretários pensem num modelo de reforço escolar, aos sábados, e sugeriu que após as aulas podem ocorrer shows de música ou eventos esportivos que sirvam de atrativos para a presença dos alunos nas unidades escolares.

The post Cláudio Castro realiza primeiras reuniões de 2023 e debate projetos da segurança pública e da educação appeared first on Super Rádio Tupi.

LEIA TAMBÉM

Desfalcado e com volta de Ríos, Palmeiras tenta no Maracanã frear reação do Fluminense

O Palmeiras sobe ao gramado do Maracanã, no Rio, nesta quarta-feira, às 21h30 (horário...

Companhia aérea encontra mala de Bia Haddad em Guarulhos após apelo nas redes sociais

A companhia aérea Swiss Airlines encontrou a mala que pertence à tenista Beatriz Haddad...

Gilberto Gil pode fazer shows esporádicos após aposentadoria, diz esposa

Apesar de anunciar sua aposentadoria em 2025, Gilberto Gil, 82, pode se apresentar esporadicamente....