Entregador morto em SG será sepultado no dia do aniversário da mãe

Published on

 


O velório de Matheus Lemos, de 22 anos, acontece nesta terça a partir de 13h e o sepultamento às 16h, no Cemitério São Gonçalo


|  Foto:
Reprodução

 

Familiares do entregador Matheus Lemos de Souza, de 22 anos, chegaram na manhã desta terça-feira (3) ao Instituto Médico Legal (IML) de Tribobó, em São Gonçalo, para liberar o corpo do rapaz. O velório acontece a partir de 13h e o sepultamento às 16h, no Cemitério São Gonçalo. Ele será sepultado no dia do aniversário da mãe.

Abaladas com a perda do jovem, as duas familiares, que preferiram não se identificar, disseram que a família está com medo, já que a motocicleta que havia sido levada pelos criminosos foi deixada na porta da casa horas após o crime.

Leia+: Morre entregador baleado no Centro de São Gonçalo

Leia+: Entregador é baleado ao entrar em rua no centro de São Gonçalo

“A moto foi deixada na frente de casa no mesmo dia. Pegamos a moto e levamos para a 72ª DP, onde já prestamos depoimentos. O crime aconteceu perto da nossa casa e como a moto foi deixada lá estamos com medo”, contou uma prima da vítima.

Segundo a família, Matheus estava fazendo a última entrega e iria seguir para casa, mas foi surpreendido por criminosos que estavam em um carro.

“Era a última entrega dele, quando ele foi passar a máquina de cartão, ela descarregou. Ele retornou na lanchonete, pegou outra máquina e voltou para fazer o recebimento na casa da cliente, que ele já conhecia há bastante tempo. Na saída, ele foi parado por um carro, onde pediram a moto. Ele pode ter tentado fugir e foi baleado. O patrão dele estranhou que já tinha passado uma hora e meia e Matheus não havia retornado, com isso, ele fez buscas e soube que ele estava no hospital”, contou a prima. 

O corpo chegou ao IML ainda na tarde desta segunda-feira (2). De acordo com a família, o jovem foi atingido por cinco tiros, em diferentes partes do corpo. “Ele era trabalhador, honesto, justo, um menino de família. Ele sustentava a casa, ajudava o pai aposentado e a mãe que está desempregada”, disse a cunhada.

O caso

Segundo as primeiras investigações, Matheus estava fazendo entregas de lanches na rua Francisca Marques, no bairro Rocha, quando foi abordado por criminosos que queriam levar a motocicleta que ele usava nas entregas. Matheus teria tentado fugir e foi atingido. 

De acordo com a Polícia Militar, policiais do 7 ºBPM foram ao Hospital Estadual Alberto Torres para verificar a entrada de um homem com ferimentos provocados por disparo de arma de fogo. No local, a vítima informou que seria entregador de encomendas realizadas por aplicativo e ao entrar na Rua Francisco Marques, criminosos atiraram contra ele. 

A direção do Hospital Estadual Alberto Torres (Heat) informou que, apesar dos esforços da equipe médica, o paciente foi a óbito nesta segunda-feira (2).

De acordo com a Polícia Civil, o caso foi registrado na 72ª DP (Mutuá) e encaminhado à Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG). As investigações estão em andamento para identificar a autoria do crime.

More like this

Presidente da FIFA se opõe ao cartão azul

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A proposta de introduzir o cartão azul no futebol...

Homem rouba correntes de ouro, engole e é preso no mar em Salvador

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um homem foi preso dentro do mar apontado como...

Polícia apreende drogas após tiroteio no Anaia Grande, em São Gonçalo

Uma ação da Polícia Militar no Anaia Grande, em São Gonçalo, na tarde da...