‘Se antes havia um posto Ipiranga, agora somos uma rede de postos’, diz Haddad

Published on

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou nesta segunda-feira, 2, que a equipe econômica composta por quatro ministros é uma rede de postos, e não um posto Ipiranga. A afirmação faz alusão ao ex-ministro da Economia, Paulo Guedes, que era chamado de “posto Ipiranga” pelo ex-presidente da República, Jair Bolsonaro.

As declarações foram feitas durante a cerimônia de transmissão de cargo para assumir o Ministério da Fazenda no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília.

“Não somos dogmáticos, somos pragmáticos. Me sinto confortável em equipe de Alckmin, Tebet e Dweck. Se antes havia um posto Ipiranga, agora somos uma rede de postos. Não existe mágica nem malabarismos financeiros, nem bala de prata”, declarou Haddad.

Ele ainda se comprometeu com transparência e afirmou que qualquer pedido de informações, realizado por meio a Lei de Acesso à Informação (LAI), será respondido.

“Não vai ter projeto de lei parado em mesa, se for bom vai andar. Vamos fazer força-tarefa para reunir projetos e levar ao Congresso. E se estiver no cargo em 2026, independentemente do resultado das eleições, eu farei uma transição no ministério bem diferente do que aconteceu”, disse Haddad.

‘Arrumar a casa’

O ministro da Fazenda destacou a necessidade de “arrumar a casa” após atos que classificou como irresponsáveis do governo Jair Bolsonaro em 2022, em virtude de diversas medidas econômicas realizadas logo antes das eleições.

Segundo Haddad, o custo das “medidas eleitoreiras” é de 3% do PIB, com gastos em aumento irresponsável de dispêndios e em renúncia fiscal. “Estamos falando, portanto, de um rombo de cerca de 300 bilhões de reais, provocado pela insanidade”, disse.

De acordo com ele, a expressão “arrumar a casa” tornou-se uma metáfora comum nos discursos dos que iniciam um novo governo, mas que essa administração está mais próxima de “reconstruir uma casa do que simplesmente arrumá-la”, afirmou, dizendo que não tem medo de cometer exageros.

Haddad afirmou que os atos na política econômica do país em 2022 foram dos golpes mais duros que o governo anterior desferiu contra o povo brasileiro. “Não apenas contrariaram o bom senso e a recomendação de técnicos da Economia: foram deliberadamente irresponsáveis para tentar evitar o inevitável, a derrota desse projeto autoritário.”

O novo ministro afirmou que, com objetivo exclusivamente eleitoreiro, o governo Bolsonaro acabou com os filtros de seleção de beneficiários dos programas de transferência de renda, o que comprometeu a austeridade desses programas. “Recentemente, aliás, confessaram o ato, nos pedindo a retirada de dois milhões e meio de pessoas que eles incluíram indevidamente no cadastro do Bolsa Família”, destacou.

Haddad também argumentou que a administração anterior distribuiu benesses e desonerações fiscais para empresas, “desobedecendo qualquer critério que não fosse ganhar a eleição a todo custo”.

No início de seu discurso, o novo ministro também agradeceu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o vice-presidente, Geraldo Alckmin (PSB), ressaltando a união de antigos adversários em favor da democracia. “Com a posse do presidente Lula, dos ministros e demais membros do novo governo, põe-se fim a quatros anos de um terrível pesadelo. E damos início a um novo ciclo de esperança, trabalho, respeito e paz no Brasil. Um momento ansiado por nós, brasileiros, mas também por todas as grandes democracias mundiais. E eu me sinto muito honrado em poder colaborar para esse resgate do nosso País.”

More like this

Monteiro ganha duelo brasileiro com Meligeni e Rafael Matos vai à semi em duplas no Rio Open

A maior experiência se fez valer e Thiago Monteiro será mais um representante do...

InfoGripe indica manutenção do aumento da covid-19 no Centro-Sul

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) alerta para a manutenção da tendência de aumento do...

Filho de Eliza Samudio assina 1º contrato com o Athletico-PR no dia do aniversário da mãe

Filho de Eliza Samudio, Bruninho Samudio assinou, aos 14 anos, seu primeiro contrato com...