Lula chora ao falar da desigualdade no Brasil

Published on

Durante o discurso após receber a faixa presidencial, na rampa do Palácio do Planalto, Lula (PT) se emocionou enquanto falava sobre a desigualdade no país. O presidente não segurou a voz quando teve que citar os casos das pessoas em filas para pegar ossos de carnes para comer.

“Fila na porta dos açougues em busca de ossos para aliviar a fome, e, ao mesmo tempo, filas de espera para compra de automóveis importados e jatinhos particulares. Tamanho abismo social é um obstáculo a construção de uma sociedade verdadeiramente justa, democrática e de uma economia próspera e moderna” disse, com a voz embargada.

O petista foi aplaudido e retomou o pronunciamento, prometendo que, com a companhia do vice Geraldo Alckmin, vai combater dia e noite todas as formas de desigualdade do país. O presidente ainda ressaltou que considera inadmissível que os 5% mais ricos do país tenham a mesma fatia de renda que os demais 95% da população.

Antes do discurso, já no Palácio do Planalto, Lula recebeu a faixa pelas mãos do cacique Raoni, de uma criança negra, um metalúrgico e outros quatro representantes da sociedade, que mostraram o “povo brasileiro”.

The post Lula chora ao falar da desigualdade no Brasil appeared first on Super Rádio Tupi.

LEIA TAMBÉM

Governo vai publicar portaria de concurso para Agência Nacional de Mineração com 220 vagas

O Ministério de Minas e Energia (MME) e o Ministério de Gestão e da...

Taylor Swift bate recorde de Whitney Houston na parada da Billboard

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O disco "The Tortured Poets Department", de Taylor Swift,...

Tiago Splitter acerta com time de Paris e estreia como técnico após a Olimpíada

O Paris Basketball anunciou nesta segunda-feira a contratação do brasileiro Tiago Splitter como treinador...