Lula chora ao falar da desigualdade no Brasil

Published on

Durante o discurso após receber a faixa presidencial, na rampa do Palácio do Planalto, Lula (PT) se emocionou enquanto falava sobre a desigualdade no país. O presidente não segurou a voz quando teve que citar os casos das pessoas em filas para pegar ossos de carnes para comer.

“Fila na porta dos açougues em busca de ossos para aliviar a fome, e, ao mesmo tempo, filas de espera para compra de automóveis importados e jatinhos particulares. Tamanho abismo social é um obstáculo a construção de uma sociedade verdadeiramente justa, democrática e de uma economia próspera e moderna” disse, com a voz embargada.

O petista foi aplaudido e retomou o pronunciamento, prometendo que, com a companhia do vice Geraldo Alckmin, vai combater dia e noite todas as formas de desigualdade do país. O presidente ainda ressaltou que considera inadmissível que os 5% mais ricos do país tenham a mesma fatia de renda que os demais 95% da população.

Antes do discurso, já no Palácio do Planalto, Lula recebeu a faixa pelas mãos do cacique Raoni, de uma criança negra, um metalúrgico e outros quatro representantes da sociedade, que mostraram o “povo brasileiro”.

The post Lula chora ao falar da desigualdade no Brasil appeared first on Super Rádio Tupi.

More like this

António Oliveira abraça o ‘corintianismo’ e muda ambiente em duas semanas

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O técnico António Oliveira se mostra bem à vontade...

Aprenda a limpar corretamente a tábua de corte e evite bactérias

tábua de corte é um item indispensável na cozinha, utilizado para cortar e preparar...

Família que fugiu da Ucrânia volta a perder tudo no incêndio de Valência

Um casal de ucranianos que deixou o país devido ao início da guerra e...