Prolagos apresenta funcionamento da empresa para representantes do Procon

Published on

Durante encontro, gestores de diversos setores da concessionária esclareceram dúvidas e apresentaram investimentos realizados Representantes do Procon visitam a Prolagos para conhecer melhor o funcionamento da empresa
Divulgação / Prolagos
Nesta terça-feira (20), representantes do Procon das cidades de Armação dos Búzios, Arraial do Cabo, Cabo Frio, Iguaba Grande e São Pedro da Aldeia, estiveram na sede da concessionária, localizada em São Pedro, para uma reunião para esclarecer dúvidas sobre o funcionamento da empresa, contrato de concessão e como os investimentos em saneamento básico, por meio de obras e ações de responsabilidade socioambiental, têm contribuído para o desenvolvimento dos municípios onde atua.
Durante o encontro, gestores das áreas Operacional, Comercial, Jurídico, Ouvidoria, Comunicação e Responsabilidade Social, apresentaram ações e projetos já executados pela empresa, ouviram as demandas recebidas pelos órgãos e mostraram como um trabalho em conjunto pode resultar na constante melhoria da prestação de serviços.
“O Procon tem o papel de representar os anseios da população, então é importante que a gente entenda melhor como funciona a concessionária para que possamos explicar melhor ao consumidor. Além disso, é fundamental que os municípios, a empresa e os moradores tenham consciência de que cada um possui o seu papel para que o saneamento siga no caminho certo”, pontua Luciane Araújo, representante do Procon de Iguaba.
Grupo também visitou o Centro de Controle Operacional da Prolagos
Divulgação / Prolagos
O grupo também visitou o Centro de Controle Operacional (CCO). Com um dos modelos mais avançados no setor do saneamento disponível no Brasil, em dez grandes telas, é possível monitorar milhares de informações em tempo real, acompanhando os sistemas de captação, tratamento e distribuição de água e coleta e tratamento de esgoto.
A unidade também dispõe de históricos de parâmetros operacionais das redes como vazão, pressão, consumo de energia e níveis de reservatórios. Técnicas de inteligência artificial possibilitam identificar alteração de pressão em um determinado ponto estratégico da rede de abastecimento de água, e tomar decisões de maneira autônoma para melhorias neste sistema.
O local recebe dados do programa contador de veículos, desta forma, combinado com as informações operacionais e variáveis como condições meteorológicas, é possível prever o aumento de demanda e tendências de consumo, ajustando a operação.
“Esses encontros sempre são construtivos. É importante que os órgãos de defesa do consumidor estejam alinhados com as ações e investimentos da concessionária para que haja a melhoria contínua dos nossos serviços e do atendimento aos clientes”, ressalta Pedro Freitas, diretor-presidente da Prolagos.

More like this

Pai de Verstappen revela tensão na Red Bull e teme ‘racha’ como desdobramento do ‘caso Horner’

Christian Horner, chefe da Red Bull, tem deixado um clima tenso na equipe após...

Presidente da FIFA se opõe ao cartão azul

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A proposta de introduzir o cartão azul no futebol...

Homem rouba correntes de ouro, engole e é preso no mar em Salvador

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um homem foi preso dentro do mar apontado como...