Ministra prorroga execução da Lei Paulo Gustavo até dezembro de 2023

Published on

A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, atendeu a um pedido do partido Rede Sustentabilidade e prorrogou até 31 de dezembro de 2023 o prazo para execução da chamada Lei Paulo Gustavo (PLC n° 195, de 2022).Em vigor desde julho de 2022, o texto aprovado pelo Congresso Nacional estabeleceu regras a serem cumpridas pela União para ajudar, com recursos financeiros, que estados e municípios implementassem ações emergenciais para socorrer trabalhadores do setor cultural prejudicados pelas consequências da pandemia da covid-19.O governo federal chegou a vetar a Lei Paulo Gustavo e também a Lei Aldir Blanc (Lei n° 14.399), que, em julho deste ano, instituiu a Polícia Nacional de Fomento à Cultura, mas o Congresso Nacional derrubou os vetos presidenciais, restituindo a obrigação da União repassar R$ 3,86 bilhões do Fundo Nacional de Cultura (FNC) para estados e municípios fomentarem atividades culturais.Repasses financeirosNa sequência, o governo federal editou a Medida Provi

More like this

Motorista tenta atropelar ladrão com Lamborghini após ser roubado e bate o carro em SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um motorista destruiu a frente de sua Lamborghini ao...

76% das escolas estaduais já retomaram as aulas no Rio Grande do Sul

FRANCISCO LIMA NETOSÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após a suspensão das aulas em todas...

RS: eleitor tem até quinta-feira para regularizar ou transferir título

Os eleitores do Rio Grande do Sul têm até a próxima quinta-feira (23) para...