Google condenada a pagar quase 20 milhões ao estado de Indiana

Published on

A Google vai pagar 20 milhões de dólares ao estado norte-americano de Indiana, depois de ter chegado a acordo com o Ministério Público local para resolver um processo em torno de políticas de localização.

O processo acresce a uma outra acusação contra a empresa tecnológica pelo procurador-geral do estado, Todd Rokita, e outros procuradores norte-americanos – nesse processo, decidido em novembro, a Google acordou pagar mais de 360 milhões de euros às autoridades.

Num comunicado citado pela Associated Press, Rokita disse que o pagamento “demonstra o comprometimento do estado em proteger os habitantes do Indiana dos esquemas das grandes empresas tecnológicas [ou ‘Big Tech’]”.

Today, my office announced a $20 million settlement with Google for their deceptive location tracking practices. This pay-out is another example of our intensive commitment to protect Hoosiers from Big Tech’s intrusive schemes. https://t.co/SJBka4xclG

— Todd Rokita (@AGToddRokita) December 29, 2022

Segundo a agência de notícias norte-americana, os processos começaram em 2018, depois de uma investigação da Associated Press ter demonstrado que a Google conseguia monitorizar a localização dos utilizadores, mesmo depois de estes definirem nos seus perfis e aplicações que não queriam continuar a ser monitorizados pela empresa.

Apesar de aceitar os pagamentos ao estado do Indiana, a empresa continua a negar qualquer tipo de ação danosa.

More like this

Norris crava a pole para a corrida sprint do GP da China de Fórmula 1

O piloto britânico Lando Norris, da McLaren, faturou a pole position para a corrida...

Território da China está afundando e corre risco com mudanças climáticas, aponta novo estudo

(FOLHAPRESS) - Daqui a cerca de cem anos, um quarto da costa da China...

Dólar sobe de olho em conflito Israel-Irã e queda de commodities

O dólar perdeu força, mas sustenta alta leve em linha com a valorização externa...