Bolsonaro suspende punição a motorista profissional sem exame toxicológico

Published on

O presidente da República, Jair Bolsonaro, editou medida provisória para suspender até 2025 a punição de motorista profissional que não fizer exame toxicológico como determina o Código de Trânsito Brasileiro. O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) definiu no ano passado prazos para a realização do exame seguindo a data de validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a punição aos infratores já vinha ocorrendo.

Entretanto, o ato, publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 30, diz que a multa e a pena a esses condutores só voltarão a ser aplicadas a partir de 1º de julho de 2025.

A exigência do exame foi inserida no Código de Trânsito em 2020 por meio de lei sancionada em outubro daquele ano.

Pela norma, os condutores das categorias C, D e E deverão comprovar resultado negativo em exame toxicológico para a obtenção e a renovação da CNH.

Se o condutor descumprir a regra, será punido por infração gravíssima, com multa e suspensão do direito de dirigir por 3 meses.

More like this

Tande, campeão olímpico de vôlei, sofre infarto

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O campeão olímpico Tande, como é conhecido o ex-jogador...

Tesouro honra R$ 590,78 mi em dívidas dos subnacionais garantidas pela União em março

O Tesouro Nacional informou nesta segunda-feira, 15, que honrou R$ 590,78 milhões em dívidas...

Embarcações serão vistoriadas para ficar em Copacabana durante show de Madonna

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A pouco mais de duas semanas para o show...